quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Deputado Bira quer saber quanto o Governo do Estado gastou com o Carnaval em 2013



Da Assecom Dep. Bira

Terminadas as festas carnavalescas de 2013, as atividades voltaram na Assembleia Legislativa do Maranhão. Nesta quinta-feira (14), o deputado Bira do Pindaré (PT) pontuou os debates ao questionar o custo da festa patrocinada pelo Governo do Estado.

A Prefeitura de São Luís já revelou que foram gastos R$ 02 milhões com a realização do Carnaval no Desterro, Anjo da Guarda, Praça Maria Aragão e Cohab-Cohatrac. O parlamentar lembrou que os Deputados têm a obrigação e o direito de saber quanto o Governo do Estado gastou no Carnaval.

“Eu espero que o governo do Estado diga quanto gastou envolvendo os grandes espetáculos de artistas de renome nacional, como aconteceram ali na Praça Deodoro. Quanto custou isso para o governo maranhense? Quanto custou para os cofres públicos do Estado? Essa é uma medida necessária para que a gente tenha cada vez mais”, cobrou Bira.

O petista defendeu a iniciativa da Prefeitura de São Luís em descentralizar as festas carnavalescas e levar para os bairros. Também comemorou a inserção da Praça Maria Aragão no circuito das festas de Momo. “Foi importante inaugurar a Maria Aragão como um espaço a ser utilizado durante o carnaval, por ser um espaço seguro, salubre, confortável, adequado para as grandes atividades de massa em São Luís do Maranhão.” 

O deputado Marcelo Tavares (PSB) contribuiu com as discussões, concordou com o pedido de informações sobre os valores do Carnaval e ainda apontou uma possível contratação de empresas ligadas a família da Governadora. “Porque em algumas fotografias do Jornal O Estado do Maranhão, no palco das atrações nacionais, eu vi figuras que trabalham numa empresa que já foi acusada de ser uma empresa com laranjas de parentes da governadora”, denunciou. 

O objetivo do deputado Bira é apenas garantir a lisura e a transparência nas políticas públicas em toadas às áreas do Maranhão. “Nós sabemos quanto custou o carnaval de São Luís, mas quero saber quando custou o carnaval do Governo do Estado? Isso ninguém fica sabendo. Quem patrocinou? Quanto investiu? Quem ganhou? Quem foi contratado para isso?”, indagou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário